segunda-feira, agosto 29, 2011

24 semanas (EDITADO)













Luís Guilherme está ótimo, mexe que é uma beleza, mas eu...


Nooooooooooooooooooossa!!! Estou me sentindo horrorosa, minha pele está péssima, estrias pipocando a cada milésimo de segundo, cabelo que não pode fazer o retoque da definitiva, saudades do Big Mac, muuuuuuuuuuuito sono, indisposta, marido não me dá atenção e age como se não existisse um filho a caminho. Acho que é só isso :(




segunda-feira, agosto 22, 2011

quarta-feira, agosto 17, 2011

Ultrassom morfológica do segundo semestre

Fiz a ultrassom morfológica do segundo semestre hoje e fui elogiada pela médica, graças a Deus.
Tudo bem com Guilherme, ele está todo formadinho (de acordo com a idade) e dá altos pulos.Pense...
Aqui estão algumas fotos, mas tem uma que não é adequada para menores de 18 anos (rsrsrsrsrsrs). Tô apaixonada pelo meu filho!!!

Ah, Guilherme está pesando 565g!!!

 Com a mãozinha no rosto
 Meu rostinho
Minhas mãozinhas

segunda-feira, agosto 15, 2011

22 semanas

Estamos com 22 semanas de gestação; pensando em meses, são 5, mas quando penso que Luís Guilherme nascerá com 40 semanas (espero que ele espere até o fim), acho que é pouco tempo para organizar tanta coisa.
O chá de bebê está todo esquematizado, mas só farei com 31 semanas (mas sou ansiosa mesmo, fazer o que...).
Hoje tomei a 1ª dose da vacina antitetânica e suei frio antes de receber aquela bela e dolorida agulhada; confesso que não doeu na hora, mas depois... A enfermeira ficou conversando comigo e foi o que ajudou. Ui meu bracinho, não sabia que ele podia ficar tão pesado!!!














Minha prima Jaque também está grávida e, como eu disse a ela, é uma menina; a barriga dela tá muito diferente da minha. Acho que ela também imaginava que fosse uma menina, mas não quis concordar comigo para não me magoar na época (ela é um amor!!!); que Maria Júlia (meu primo não quer o Maria, mas minha prima quer e é assim que a chamamos por enquanto) venha com muita saúde, paz,  bençãos de Jesus e que Mari (a irmã mais velha) a receba com todo o amor.



Como você está:
No final dessa semana, você completa o quinto mês de gravidez. Seu útero está cerca de 3 centímetro acima do umbigo e o peso pode incomodar. Para não ter muitas dores, evite ficar sentada, deitada ou em pé por longos períodos. Graças a alterações hormonais, você deve estar sentindo mais calor e suando mais do que o normal. E se o companheiro disser que você ronca, não duvide: o congestionamento das vias nasais, causado pelo excesso de fluxo de sangue, favorece o ronco.O que está acontecendo com o bebê: Nessa fase, a pele do bebê fica enrugada, pois ele possui pouca gordura subcutânea. Seus olhos estão quase prontos, mas a íris ainda está desprovida de pigmento. Sobrancelhas e cílios estão formados, cabelos estão mais grossos e lábios se distinguem bem da pele.


Ao banheiro!
Na gravidez, você faz mais xixi - até aí, nenhuma novidade. Embora urinar com freqüência seja normal, sentir ardor no ato pode ser sinal de alguma infecção. Por isso, ao menor sinal, avise o médico.


Pé na estrada

Se você for viajar daqui pra frente, convém ter o nome de um bom hospital na área que planeja visitar. Provavelmente não vai precisar dele, mas, por via das dúvidas, previna-se. A viagem em si poderá ser cansativa, especialmente se for feita de carro e nos últimos meses da gravidez. Para aliviar o incômodo de ficar na mesma posição, pare a cada duas horas e caminhe. Não há estudos que comprovem que viajar, por qualquer meio de locomoção, provoque trabalho de parto prematuro, aborto ou qualquer complicação na gravidez.



sexta-feira, agosto 12, 2011

Álbum de fotos

Muita grávida ou mãe recente deixa para revelar as fotos da gravidez depois, mas euzinha, nunca que ia conseguir esperar. 
Saí hoje munida de pen drive e revelei todas que tenho até agora (pouquinhas, considerando que estou com 5 meses e ainda não fiz o book - marcado para 09/10/2011 com uma fotógrafa M-A-R-A!!!). Ai, já fico emocionada de ver como Luís Guilherme está se desenvolvendo.
Semana que vem temos a 2ª morfológica e tô ansiosa para vê-lo novamente, pois dessa vez quero contar seus dedinhos (o marido de uma amiga minha só se preocupava com isso nas ultrassons) porque eu nunca contei.
Minha barriga tá coçando demais e eu não sei o que fazer.

terça-feira, agosto 09, 2011

Consulta com obstetra. Ei, a balança tá quebrada???

Bom, hoje mais uma consulta com o obstetra e, a cada consulta q vou, tenho menos perguntas para fazer. Vamos a elas:

* O que é a episiotomia (mesmo sabendo depois que a Cris - Doula e Anjo, explicou em seu blog) ?
É um corte que faz caso não tenha a passagem, mas é desnecessário; eu não faço (Alivio depois da resposta dele porque eu não quero que faça de jeito nenhum).

* Depois da gravidez fiquei com caspa. Por que?
Imunidade baixa. 

Então eu só posso usar xampu de farmácia né?

Não, nem isso. Esses xampus são muito fortes e a cabeça absorve demais; ela é pior que o intestino.

* Tem uma secreção amarelada saindo das mamas. O que é isso?
Não mexa nisso viu menina? É o trabalho das glândulas; não mexa e não passe nada.

* O pediatra do meu bebê vai poder atendê-lo no parto?
Já tem um pediatra na equipe e é ele que faz o primeiro atendimento; depois o "seu" pediatra pode ir lá no hospital e atendê-lo.

*Antes da gravidez eu fazia escova definitiva. Eu posso fazer o retoque pelo menos na última semana antes do parto?
Pra quê isso? Seu cabelo já tá bem pretinho, não precisa disso não.

Mas essa escova é para deixar liso e não preto...

E o que leva nessa escova??? Leva alguma droga?

Leva...

E seu cabelo já tá liso menina... Eita, essa vaidade de vocês mulheres...

Mas só as pontas; eu queria fazer o retoque da raiz. Ninguém merece ficar na maternidade toda descabelada.


Dr. Telmo também verificou minha pressão; ele disse que não está alta, mas está no limite por conta do meu histórico familiar. Hidroginástica, aí vou eu...
Perguntou também se o bebê mexe e eu disse que sim, falei até dos sustos que levo às vezes; perguntou da minha alimentação e eu fui sincera, disse que no último mês eu relaxei... Escutamos o coraçãozinho dele e eu fiz questão de reclamar da médica que fez a ultrassom do sexo porque ela foi muito indelicada.
Balança: engordei 4kg. O QUÊ???? COMO ASSIM???? A BALANÇA ESTÁ QUEBRADA!!!
Mas eu sabia que tinha engordado, só não imaginei que fosse tanto... Mas ele não brigou porque de qualquer jeito tô na média ainda dos 9kg da gravidez, mas não quero engordar mais não...


segunda-feira, agosto 08, 2011

21ª semana

Como você está:
Talvez você sinta coceiras na pele dos seios e da barriga. Trata-se de ressecamento característico da gravidez, que pode ser resolvido com o uso de óleos e cremes hidratantes. Aplique-os várias vezes ao dia, evitando apenas as aréolas nos seios. Podem aparecer manchas marrons na testa, abaixo dos olhos e acima do lábio superior. Chamadas de cloasma, são causadas pelo aumento do hormônio estrogênio e possivelmente pelo sol. Em algumas mulheres, elas desaparecem depois do parto - de qualquer forma, para preveni-las, use protetor solar diariamente.

O que está acontecendo com o bebê: 
Nesta semana, o feto está pesando quase meio quilo e medindo cerca de 23 cm da cabeça aos pés. Conforme amadurece, seu corpo vai adquirindo proporções mais semelhantes às de um recém-nascido. Na língua, formam-se as papilas gustativas, que permitirão ao bebê distinguir sabores. Na pele, ele já tem certo tato. 

Cãibras inconvenientes:
Quando estiver descansando ou mesmo dormindo, você pode ter cãibras. Elas costumam ocorrer nas fases mais adiantadas da gravidez, por conta do peso extra que a gestante carrega. Elas também podem ser provocadas por cansaço ou falta de cálcio na dieta. Alongar as pernas antes de dormir ajuda.

Cansaço excessivo
Algumas mulheres sentem-se muito cansadas durante a gravidez. Isso é normal, mas, em excesso, pode ser sintoma de anemia. A doença está relacionada a uma dieta carente em ferro, elemento importante para formar os glóbulos vermelhos do sangue e oxigená-los. Além de alimentos ricos em ferro, o obstetra costuma prescrever suplementos vitamínicos. Nas refeições, priorize fontes de ferro, como gema de ovo, carne vermelha, fígado, camarão, cereais e vegetais verde-escuros.

domingo, agosto 07, 2011

Dia das avós

Esse post já deveria ter sido publicado há um tempo, mais precisamente desde o dia 26/07 que foi o dia das avós.

Minha avó paterna já se foi, mas não tínhamos contato. Não nos víamos nem nos aniversários nem no Natal. A última lembrança que tenho é ela deitada na cama do hospital um dia antes de seu falecimento.

Já minha vó materna... TODAS as minhas lembranças são dela: toda sexta-feira ela me buscava na escola, e também todos os netos, e era o dia de almoçarmos na casa dela. O carro dela ia cheio e brigávamos para ver quem ia na mala (na época ainda podia). Festa total!!! A sobremesa era sorvete de chocolate que ela mesmo fazia e também um tablete de chocolate ao leite ou um chocolate Surpresa (fazíamos coleção das cartas que vinham no chocolate). Domingo também saíamos para lanchar no shopping, só meu primo que ia lanchar sempre em outro local porque nunca gostava do lanche do shopping (ele sempre ia comer pão de batata com meu vô). Todo Natal passávamos na casa da vó, foram os melhores da minha vida... A árvore era imensa, repleta de presentes e ela sempre fazia uma guirlanda de bombom e só podíamos comer depois da meia noite. Tinha também o "Rancho do vô" que era a casa de praia deles que amávamos. Muita coisa aconteceu lá e ainda sinto o cheiro dos quartos e o frio do piso quando acordávamos.
Minha vó materna está viva, mas não a tenho mais; o "Mal de Alzheimer"  a tirou de nós e hoje ela não sabe nem que existe. Toma os medicamentos, mas a doença já está em estágio avançado. É como se eu não tivesse mais a minha vó Martha (sim, minha mãe colocou meu nome em homenagem à. minha vó e, além de tudo, ela é minha madrinha)  e é triste.

Mas a avó materna de Luís Guilherme, essa sim... minha mãe!!! Sempre esteve ao meu lado, em todos os momentos. Até quando eu mesma sabia que estava errada e, consequentemente ela também sabia, ela esteve ao meu lado. Ela é realmente a minha melhor amiga, tanto que eu nem consigo guardar segredo (até quando deveria guardar rsrsrs). O meu desejo de ter uma menina era que nossa relação fosse igual a que tenho com minha mãe, mas como é menino, vou tentar que seja igual. Digo para quem quiser ouvir que vou criar meu filho como minha mãe me criou (ela me falou um dia - emocionada,  que sente muito orgulho quando me vê falando isso para as pessoas). E no dia das avós, eu não poderia deixar de agradecer por TUDO que ela fez, faz e sei que ainda fará por nós; passar por tudo que ela passou não é para qualquer pessoa e ela segurou a onda e fez tudo com veemência. No dia das avós dei a ela um presente singelo, mas com significado infinito (abaixo está a foto) e ela usou com muito orgulho e fez questão de mostrar. Ah, ela também será a madrinha do meu filho.

Já com Guigui no colo



Mais um susto

Acordei super disposta hoje; tomei achocolatado e já senti uma coisinha estranha, mas... Fui adiantar alguma coisa do almoço e quase desmaiei. Nossa, que horror!!!
Explico: sempre que tem alguma coisa estranha com meu organismo, eu desmaio. Graças a Deus, maridón estava perto e conseguiu me ajudar; fiquei super preocupada de desmaiar por causa do bebê, porque não sei se isso pode fazer algum mal a ele.
Sentei, coloquei as pernas para cima e fiquei respirando fundo.

Ai que horror!!

sábado, agosto 06, 2011

Mais uma de Luís Guilherme

          Na madrugada de terça para quarta, mais precisamente às 00:35, ele mexeu de verdade. Antes eu sentia como se fossem bolhas, mas depois dessa "mexida" eu sinto com força mesmo. Na primeira vez, q foi essa do dia 03/08/2011 eu ri demais!!! Peguei até o celular para olhar a hora e registrar porque foi uma sensação indescritível.
          Agora ele mexe mesmo, com força e, às vezes, eu me assusto... Hoje, numa dessas, eu falei "eita meu filho, que susto" e minha mãe reclamou dizendo que eu estava brigando com ele. Mas eu me assusto mesmo porque ainda estou me acostumando, mas é bom!!!


segunda-feira, agosto 01, 2011

20 semanas (EDITADO)

          Pois é, chegamos na metade da gestação. Eis algumas características dessa fase que estou passando:
          * De ontem para hoje, Luís Guilherme ficou preguiçoso porque mexeu bem pouco;
          * A azia é minha companheira, sinto esse queimor até quando bebo água;
          * A insônia já faz parte de mim. Há três semanas não sei mais o que é dormir a noite inteira (será que é um preparatório?);
          * Todos já reparam na minha barriga;
          * Estou mais cansada que em outros tempos, além da moleza no corpo.


Vamos ver o que ainda está por vir...



Como você está:
Você chegou à metade da gravidez! Seu útero está bem na altura do umbigo e espera-se que até agora você tenha engordado por volta de 4 kg. Nessa semana, é provável que o obstetra realize o ultra-som morfológico. O exame mais detalhado detecta o estado geral do bebê e identifica possíveis anomalias nos órgãos. Se você ainda não iniciou o enxoval, é uma boa hora. Comece também a investigar as maternidades onde poderá fazer o parto.

O que está acontecendo com o bebê: 
Ao longo do dia, o feto tem períodos de sono e de vigília, sendo que a última pode ser tranqüila ou movimentada. Especialmente depois das refeições da mãe, o feto tende a ficar muito ativo, por causa da glicose presente nos alimentos. No pequeno intestino, ele já produz o mecônio que irá se acumular daqui para frente, para ser expulso na primeira fralda ou durante o parto. 


Móveis seguros
Quando for escolher os móveis, prepare um cantinho especial para trocar o bebê. Uma cômoda com gaveteiro é ideal para guardar as roupas e servir de apoio para trocar fraldas, sem que seja preciso se curvar demais. Opte por um berço que tenha grades com 6 centímetros de distância umas das outras. Isso evita que o bebê fique preso entre elas. Protetores de berço - almofadas colocadas em volta das grades - criam um ambiente aconchegante e seguro para o bebê. Cuidados na decoração: O piso ideal do quarto do seu filho deve ser antiderrapante e de fácil limpeza. Carpetes, apesar de confortáveis, são desaconselháveis, pois acumulam poeira. Se possível, as paredes devem ser pintadas com tinta atóxica e lavável. Se houver espaço, uma poltrona permitirá que você amamente o bebê com conforto e tranqüilidade. Em vez de colocar cestos de lixo no quarto, jogue as fraldas sujas no do banheiro.