segunda-feira, maio 30, 2011

SUSTO

Na sexta-feira passada, dia 27/05, eu comecei a sentir uma dor na lombar. Liguei logo para o obstetra e ele perguntou sobre a urina (estava normal), se eu dormi de mal jeito, li o exame de urnina para ele e pediu que eu tomasse um Paracetamol. Tomei. Melhorou...
No sábado, a dor voltou mas eu não quis tomar o Paracetamol de novo (não sou muito adepta aos remédios). No domingo eu já acordei com dor e passei o dia todo assim. À noite, eu já estava desesperada (não pela dor, mas pelo bebê) e liguei para o obstetra de novo. Contei o que tinha acontecido e ele me mandou tomar o Paracetamol de 8 em 8hs e fosse até ao hospital de emergência que ele faria uma ultrassom e me examinaria. Já dá para imaginar como eu passei a noite né???
Cheguei ao hospital no horário marcado. O obstetra verificou minha pressão, batimentos cardíacos e pediu que eu fizesse um novo exame de urina lá mesmo. Fiz. Resultado negativo para qualquer coisa e ele pediu que eu refizesse outro exame de urina amanhã. Sim, mas e a ultrassom???
"A morfológica só deve ser feita com 12 semanas porque dá para ver tudo. Se eu mandar você fazer hoje não vai adiantar. Não se preocupe porque essa dor não tem nada a ver com o bebê." 
Resultado: não me convenceu. Estou entrando no terceiro mês daqui a duas semanas e NUNCA fiz exame algum que me mostrasse/ dissesse como está o meu bebê. 

Após a decepção, aproveitei para conhecer a sala de parto humanizado onde terei meu bebê. Foi o que salvou o dia, pois estou cismada. O pior é que meu marido não foi comigo e eu tive que ir com mainha e meu irmão ao hospital. Dá pra aguentar???

O que vocês fariam??? Estou pensando em ouvir uma segunda opinião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amo quando você comenta aqui no meu cantinho!!!